terça-feira, 19 de junho de 2012

Derrubada do pavilhão de regatas: um crime contra a história de Campos

Recebemos um e-mail do Clube de Regatas Campista lamentando a derrubada do tradicional pavilhão de regatas da Beira-Rio que recebia convidados na época áurea do remo e também servia como palanque durante os desfiles de Carnaval.



A utilização do Palanque de Regatas nas competições foram suspensas
temporariamente em virtude da promessa da Fundação de restaurá-la.
Entretanto observamos hoje com tristeza sua demolição uma vez que trata-se
de um patrimônio histórico e cartão postal da cidade. Hoje sim a chegada
das regatas são realizadas na beira do cais, sem ponto de referência em
meio a lama, sol e chuva.
Ressaltamos ainda que na construção da ponte Rosinha na distribuição dos
pilares não foi levado em conta que se tratava de uma raia de remo onde a
raia centro foi extinta.
Portanto é lamentável o que estamos presenciando.
Sérgio Rosa

Um comentário:

justiceiro GCM disse...

terça-feira, 31 de janeiro de 2012Guarda municipal de Campos faz apelo





Desabafo...


Obrigado pelo espaço e oportunidade para expor o sofrimento de uma corporação. Nesses últimos anos os Guardas Municipais de Campos vivem numa situação delicada e triste. Se quisermos ter um salário digno para sustentar nossas famílias com um pouco de dignidade, somos obrigados a viver fazendo hora extra, já que nosso salário está defasado.


Lembro que dentre as promessas de campanha da atual prefeita estava previsto o plano de cargos e salários do funcionalismo público, mas uma promessa dentre tantas que não foram e nunca serão cumpridas. Voltamos então ao ocorrido nesse final de semana, cumprimos nossa escala de serviço e somos quase que "obrigados" a fazer o extra, pois o governículo quer presença do efetivo no Farol, fazer número e presença para a população, dar aquela sensação de segurança. Tem guarda que sai do plantão, que na sua folga, momento em que tem que estar com sua família, abandona e vai para o extra. Ficamos quase que reféns dessa forma injusta de podermos ganhar um pouco mais.


Não estou aqui pedindo que tenham pena ou que fiquem com aquela imagem que estamos reclamando de barriga cheia. Neste último domingo aconteceu no Rio uma passeata de bombeiros e policiais pedindo um reajuste e uma melhor valorização do governo estadual. E no fim do domingo ficamos sabendo que nosso amigo Flausino, querendo uma vida melhor para sua família e fazendo o custoso extra, acabou perdendo sua vida ao voltar pro seu lar. Fatalidade? Sim... Mas pergunto se tivéssemos um plano de cargos e salários e remuneração digna, ele não poderia estar ao lado de sua família e ter evitado esse acidente? Infelizmente nossa corporação é desunida e nunca vamos lutar pra resolver essa situação, até a nossa associação não funciona e não faz nada pela corporação.

Senhor deputado/prefeito ao invés de apontar os defeitos do governador tente resolver os problemas da nossa GUARDA. Esse ano é ano de eleição...Só sendo ano de eleição pra tentarmos ganhar algo... vamos ver... enquanto isso quantos GCM's tem que perder a vida...

Agradeço
justiceiro gcm

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...